Associação dos Jovens assinala Dia da Criança

A aposta na comemoração do Dia Mundial da Criança e a mudança de local foi ganha pela Associação Paul Mais Jovem (AP+J) que nos últimos anos tem assinalado este dia especial dedicado às crianças.

Não se sabe bem o porquê da escolha das Instalações da Escola Básica nº 2 do Paul, para a AP+J ter desenvolvido as atividades comemorativas do Dia Mundial da Criança, mas o que se sabe é que esta jovem associação não deixa nada ao acaso e preparou o recinto para acolher os jogos tradicionais, o insuflável, a musica que alguns elementos da Banda Filarmónica do Paul, deram expressão em roda livre e espontaneamente.  

Foi uma tarde que atraiu pais e filhos para esta efeméride que acontece todos os anos no dia 1 de junho, mas que neste ano se comemorou no dia seguinte.

Vale a pena recordar que a primeira grande atividade desta associação de jovens foi precisamente esta comemoração do Dia Mundial da Criança em 2014, dai para cá tem andado em regime ambulatório, contudo, tem sido sempre uma atividade do agrado de miúdos e graúdos, sendo que na edição deste ano, crianças da Casa do Menino Jesus da Covilhã participaram nas atividades no Paul, deixando transparecer o clima de bom relacionamento entre esta instituição covilhanense e a AP+J.

Joana Ramos, dirigente da AP+J esteve à conversa connosco e fez sobressair, “porque a escola é dos jovens e daí pensarmos trazer esta comemoração para este meio. A escolha deste local teve a ver com esta premissa. Convidámos a filarmónica local e procurámos desenvolver jogos tradicionais que nós ainda nos lembramos, mas as crianças de hoje conhecem cada vez menos ou mesmo não conhecem. Para nós é com agrado que vemos aqui crianças vindas de fora nomeadamente, da Casa do Menino Jesus. Temos uma preocupação ambiental e pedagógica, por isso utilizamos material reciclável e jogos onde se fomenta a interação e a socialização. Quanto ao evento superou as nossas expetativas, até porque o tempo nos últimos dias não tem ajudado, mas hoje até está bastante agradável”. Asseverou.

Quem acompanhou o grupo de crianças da Casa do Menino Jesus, foi Patrícia Gaspar, “as crianças que trouxemos podem hoje ter um dia diferente, divertindo-se e que seguramente, as vai tornar um pouco mais felizes. Aqui podem brincar com outras crianças interagir com elas conhecer jogos tradicionais que hoje estão esquecidos, porque o computador e o telemóvel tomaram conta das nossas vidas. Sempre que podemos proporcionamos às nossas crianças a participação nestes convívios até porque elas também gostam e é sempre bom para todos”, sublinhou esta funcionária.

O presidente da AP+J  revelou que o saldo desta iniciativa foi positivo, “houve boa adesão das crianças e dos pais neste dia onde para além das atividades, tivemos a participação de crianças institucionalizadas. Esta é uma atividade que queremos continuar a manter porque consideramos importante dedicar este dia às crianças. O resultado geral da edição deste ano foi bom”. Garantiu Afonso Pais.


Partilhar